Movimentos combinados de braços e pernas, resistência e fôlego. Muitos dizem e os estudos comprovam que a natação é um esporte completo para todas as idades. Agora, já imaginou nadar um pouco mais de um dia inteiro? O Serviço Social do Comércio no DF encara esse desafio há quase três décadas, realizando a tradicional prova 25 Horas Nadando. Em 2018, celebramos esse marco em dobro ao proporcionar uma competição amistosa, democrática e repleta de atividades para os competidores, em uma parceria de sucesso com a Universidade de Brasília que já dura mais de 10 anos.

Acredito que é a união dessas duas instituições que reflete o êxito da competição a cada mergulho e braçada dos participantes. Estamos aliando saúde, esporte e lazer ao meio científico e acadêmico. Não teria como dar errado. Como nos anos anteriores, esperamos que as oito raias da piscina do Centro Olímpico da UnB sejam preenchidas por 1,2 mil nadadores. Teremos idosos, adultos, jovens e crianças competindo lado a lado e juntos, com um mesmo propósito: o espírito esportivo. E para vencer a competição, é preciso somar a maior distância percorrida durante as 25 horas. Entretanto, prefiro dizer que quem vence é quem está dentro da água se desafiando.

Por isso, todos podem participar. Quem se interessar poderá se inscrever no dia do evento e os pacientes da Rede Sarah de Hospitais de Reabilitação também cairão na água para superar os limites. Como se sabe, a natação não tem restrições e é uma grande aliada para a recuperação de lesões, além de melhorar a respiração. Assim, não é só de esporte que estamos falando, é de saúde e qualidade de vida em primeiro lugar. Vale destacar que as inscrições para os nadadores de clubes, associações, escolas e academias do DF estão abertas até o dia 21 deste mês e a prova será realizada entre 25 e 26 de agosto. Seja de costas, peito ou borboleta, o importante é vir com espírito esportivo, porque o nado é livre.